Contrato com SBM dá a partida no projeto Mero 2

0
32
DCIM100MEDIADJI_0010.JPG
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O Consórcio Libra, composto pela Petrobras,  Shell e Total, autorizou a construção do projeto multibilionário Mero 2 offshore no Brasil que prevê a construção de uma nova embarcação flutuante de produção, armazenamento e descarregamento (FPSO), a ser implantada no campo de Mero no litoral do Estado do Rio de Janeiro.

O FPSO processará até 180.000 barris de petróleo por dia quando estiver em operação em 2022. O consórcio planeja pelo menos mais dois sistemas de produção para o campo de Mero.

Contrato foi assinado no mês de Maio com a holandesa SBM Offshore para afretamento e operação deste segundo sistema de produção definitivo do campo de Mero, localizado na área noroeste do bloco de Libra. A FPSO, que operará  em profundidade média de 2.100 metros, interligará até 16 poços com capacidade de processamento de até 180 mil barris dia de petróleo por dia e 12 milhões de m³/dia de gás. O campo de Mero tem reservas estimadas entre 3 e 4 bilhões de barris.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui