Mitigação do pré-sal favorece comunidades tradicionais

0
85
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Cerca de 64 comunidades tradicionais da Serra da Bocaina serão beneficiadas com um amplo diagnóstico sobre sua atual situação. O projeto Povos será financiado pela Petrobras como uma medida de mitigação imposta pelo Ibama no processo de licenciamento ambiental da atividade de produção de petróleo e gás no polo do pré-sal. O projeto foi lançado durante a Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), no dia 13 de julho. Localizada na divisa dos estados Rio de Janeiro e São Paulo, a Serra da Bocaina abriga populações indígenas, quilombolas e caiçaras.

A iniciativa será desenvolvida pelo Observatório de Territórios Sustentáveis e Saudáveis da Bocaina (OTSS), uma parceria do Fórum de Comunidades Tradicionais (FCT) com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), instituição de pesquisa vinculada ao Ministério da Saúde.

Além de traçar o panorama da situação atual, o Projeto Povos também levantará as demandas das comunidades em relação a temas como saúde, educação, saneamento, situação fundiária do território, práticas culturais, festas populares, trabalho e renda, segurança alimentar, modos de governança e outros temas. As reivindicações serão levadas aos respectivos órgãos competentes. Outro objetivo é identificar os possíveis impactos da exploração de petróleo na região.

O projeto prevê a produção de 15 publicações impressas, 55 vídeos e dois vídeo documentários com temas definidos pelas próprias comunidades.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui